Coaching de EMAGRECIMENTO Saiba Mais
Apresentação - Ser Integral Apresentação - Ser Integral Apresentação - Ser Integral

Artigos

Voltar

03/01/2014

Como podemos colaborar para a obtenção de melhores resultados no tratamento

Quando alguém parte em busca de um tratamento, seja através da Homeopatia, da Acupuntura, enfim, de qualquer especialidade terapêutica que tenha por finalidade a Saúde do ser humano como um Todo, deve observar alguns cuidados para que o resultado seja aquele esperado: a recuperação da Saúde e a volta a um estado de harmonia e bem estar, aprimorando a Qualidade de Vida. 
 
O ideal seria manter a Saúde enquanto ela encontra-se em equilíbrio, evitando o adoecimento. A prevenção certamente é o melhor remédio. Como tal fato não é o que na realidade observamos na maioria de nossos pacientes, que nos procuram quando já tem algum sintoma a tratar, cuidamos então de tomar certas precauções, para que possamos potencializar nosso tratamento ao máximo, o que será traduzido em uma melhora do paciente, em seus planos físico, mental, emocional e também espiritual. 
 
A freqüência às consultas é um tema muitíssimo importante e nem sempre observado adequadamente pelos pacientes. O que constatamos mais freqüentemente é que, quando um paciente melhora, algumas vezes não volta à consulta, ou então volta depois de um intervalo muito prolongado, não havendo assim oportunidade para que se dê o necessário reforço terapêutico, o que promove um equilíbrio mais estável e evita novas recaídas. 
 
Em geral, preconiza-se um determinado intervalo entre as consultas, que vai sendo mais espaçado conforme o paciente melhora e seu tratamento evolui favoravelmente. Normalmente, da primeira para a segunda consulta, recomendamos um prazo máximo de dois meses, prazo este que será alongado para três meses, entre a segunda e a terceira consultas, para quatro meses entre a terceira e quarta consultas, e, daí por diante, de quatro a seis meses nas próximas consultas, a fim de que possamos manter o equilíbrio obtido, e assim evitar o retorno ao quadro da enfermidade. Quando esta orientação é seguida, raramente o paciente volta a adoecer como antes, e passa então a beneficiar-se do tratamento como realmente deve ser, de maneira preventiva, promovendo a saúde. 
 
A tomada adequada dos medicamentos, nas doses e horários prescritos segundo a orientação de seu médico, também deve ser observada.
 
O cuidado com os próprios medicamentos homeopáticos é fundamental. Devemos evitar deixa-los em lugares muito quentes, expostos à luz solar, locais úmidos ou com odores muito intensos, próximo a aparelhos elétricos e telefones celulares. O paciente deve evitar ingerir o medicamento quando tiver acabado de se alimentar, ou se estiver com gosto forte de alimento na boca, (intervalo de pelo menos 20 minutos); não deve utilizar produtos à base de cânfora (como gelol, doutorzinho, vick etc.) durante o tratamento. Não deve tocar os glóbulos com as mãos ou encostar o conta gotas na língua, evitando assim a contaminação do medicamento, e, quando este necessitar ser diluído, deve-se utilizar água destilada ou filtrada. Os medicamentos devem estar embalados em vidro âmbar, que proporciona maior proteção, e devem ser manipulados em farmácias confiáveis, para que não seja comprometido o resultado de todo o tratamento. Se estes poucos cuidados forem tomados, certamente teremos um medicamento de qualidade e um ótimo efeito terapêutico. 
 
Pessoalmente acreditamos que um tratamento cuja finalidade é promover a Saúde e a Qualidade de Vida deve ser composto de uma série de atitudes, que certamente vão além da ingestão de medicamentos. Senão vejamos: 
 
Alimentação balanceada, o mais natural e adequada possível (em quantidade e qualidade) às necessidades individuais, harmonizando e fortalecendo o organismo 
Atividades Físicas, cujo efeito nos sistemas cardiovascular, respiratório e osteoarticular, além do conseqüente condicionamento e relaxamento físico e mental nos possibilitam prevenir e tratar diversas enfermidades decorrentes do sedentarismo 
Aprender com as experiências da vida, sem apegar-se nem sofrer pelo passado, utilizando-o como aprendizagem para que continuemos a nos mover em frente, com objetivos e metas para o futuro, e vivendo intensamente o presente 
Tempo para o Relaxamento, para a Diversão e para o Prazer, que refazem o indivíduo da vida cotidiana e estressante
Bom humor e Leveza na vida cotidiana, mantendo-se sempre em atividade e movimento físico e mental 
Seguir fielmente suas Crença e Valores pessoais, com Flexibilidade para a Mudança sempre que esta se mostrar necessária 
Manter-se conectado ao seu Projeto de Vida, seu Caminho e Missão, sentindo-se útil e parte de algo maior, trabalhando e vivenciando plenamente seu potencial de criação 
Manter uma Vida Afetiva feita de relações onde impera a sintonia, a doação e o amor, objetivando o crescimento de quem se ama sem que se espere algo em troca 
Viver em ligação contínua com o Plano Espiritual, seja qual for a religião ou fé à qual se pertença 
Ter como meta o Autoconhecimento, que possibilita uma vida autêntica e verdadeira 
 
Se conseguirmos viver de acordo com estes ideais, certamente seremos beneficiados com mais saúde e harmonia, utilizando melhor nosso corpo e mente a fim de vivenciarmos uma vida plena, conforme Hahnemann (pai da homeopatia) coloca no parágrafo 9 do Organon da Medicina: "... deste modo (em saúde) o espírito dotado de razão que reside em nós, pode utilizar estes instrumentos vivos e sãos para cumprir os mais altos fins de nossa existência". 
 
Faço votos que todos possamos sempre agir desta maneira, para que nossas vidas possam ser mais repletas de harmonia, sentido, realizações e paz. 
 
Dr. Roberto Debski Médico especialista em homeopatia e acupuntura, psicólogo, coach e trainer internacional em PNL.