Coaching de EMAGRECIMENTO Saiba Mais
Apresentação - Ser Integral Apresentação - Ser Integral Apresentação - Ser Integral

Especialidades

Gerenciamento do Estresse
Gerenciamento do Estresse

Imagine você se deparando com uma situação de perigo iminente, frente à qual necessite ter uma reação instantânea, como por exemplo: um cão feroz aparece de repente, uma ameaça de assalto, ou um acidente e você deve tomar providências urgentes de socorro... Nesta altura, seu corpo sofre uma série de transformações, como: aumento da freqüência cardíaca, respiratória e da pressão arterial, aumento na concentração de açúcar no sangue, dilatação dos brônquios e das pupilas, redistribuição do sangue para os músculos e para o cérebro, etc... Tudo isto com a finalidade de lhe preparar para enfrentar melhor o problema, com mais rapidez, percepção, e força, pronto para 'fugir ou lutar'. Em seguida, quando passa a situação de urgência, o organismo volta ao normal. Estas reações são chamadas de 'Reação de alarme’ ou ‘alerta' que é a primeira fase do estresse. Com estas informações, podemos perceber que o estresse É NECESSÁRIO ao ser humano, e não é negativo como a maioria das pessoas pensa, pois sem ele não conseguiríamos sobreviver.

Nossas reações nestes momentos são surpreendentes, e fazem com que nos superemos, sendo comuns em todas as pessoas, e sempre estiveram presentes no ser humano, servindo para a preservação da espécie. São chamadas de "Síndrome Geral de Adaptação ao Estresse", termo usado por Hans Selye, médico e professor da Universidade de Montreal, Canadá, que publicou 28 livros e mais de 1400 artigos científicos sobre este tema. O termo 'Estresse' vem da engenharia, e se refere ao 'peso que um material pode suportar até que se rompa', o que é bastante sugestivo. Lógico que a 'carga' que cada pessoa pode suportar é muito variável, tanto física quanto emocionalmente, e situações que para uns são superáveis facilmente, para outros só podem ser encaradas com grande dificuldade. Estas diferenças dependem de como somos, física e psicologicamente, e tem um componente hereditário importante, porém podem ser modificadas em qualquer fase de nossa vida, se adquirirmos as 'ferramentas' adequadas.

  

O que geralmente acontece, e isto sim é muito prejudicial, é que as pessoas permanecem por longo tempo na fase de alarme, devido aos problemas do 'Homem Moderno', como: desemprego, sociedade altamente competitiva com valores materialistas, trabalho desmotivante, com grande cobrança e baixa remuneração, carências emocionais, falta de apoio, poluição, falta de atividade física, alimentação inadequada etc., quando não estamos preparados para isto.

 

Este quadro pode ocorrer com TODAS as pessoas, em todas profissões e em qualquer idade. O organismo na tentativa de continuar se adaptando, passa para uma fase posterior, chamada de "fase de Resistência", que é a segunda fase do estresse, quando ocorrem: alterações no Sistema Imunológico, levando a uma baixa resistência e facilidade para adquirir infecções, ulcerações no Aparelho Digestivo, diminuição da Memória, alterações do Humor, insônia, irritabilidade, diminuição do desejo sexual, envelhecimento precoce e grande cansaço. Se não nos tratarmos, a tendência é que estes problemas continuem se agravando, até que passemos à "fase de Exaustão", que é a terceira fase do estresse, quando falham os mecanismos de adaptação, por sobrecarga, levando a um esgotamento do corpo e mente e trazendo doenças mais sérias como depressão, câncer etc., podendo chegar mesmo à morte...

  

Como pudemos perceber, o estresse, algo necessário à nossa sobrevivência, se transformou em algo ameaçador à própria vida, devido às condições atuais de vida.

 

O que podemos fazer para modificar este quadro é adquirir mais recursos pessoais, para que aumentemos nossas condições de lidar com os problemas de modo mais equilibrado e harmonioso, pois eles certamente continuarão existindo. Devemos nos tratar de maneira holística, integrando corpo, mente e espírito, (especialidades como homeopatia, acupuntura, ortomolecular etc.), aprendendo como melhorar nossa alimentação e praticando atividades físicas, mudando nossos valores e crenças pessoais, aumentando nossa flexibilidade, resiliência e auto-estima, aprendendo técnicas para relaxamento e para mudança de estados físicos e mentais não desejados (meditação, PNL, terapia psicológica etc.). E principalmente, aprimorando nosso Auto Conhecimento (conhece-te a ti mesmo).

  

Só assim atingiremos Saúde e Qualidade de Vida física, emocional, afetiva, social, profissional e espiritual, que é algo que todos queremos e merecemos.

  

Participe dos programas de Saúde e Qualidade de Vida e aprenda como gerenciar o estresse, e viver melhor e com mais saúde.

 

Dr. Roberto Debski Médico especialista em homeopatia e acupuntura, psicólogo, coach e trainer internacional em PNL.